• Monitorização dos Princípios para Bom Envolvimento Internacional em Estados Frágeis e Situações

Home » Eficácia da Ajuda » Monitorização dos Princípios para Bom Envolvimento Internacional em Estados Frágeis e Situações Imprimir a página

Monitorização dos Princípios para Bom Envolvimento Internacional em Estados Frágeis e Situações

Os Princípios para envolvimento internacional em Estados frágeis e situações – muitas vezes referida como os Princípios de Estados Frágeis (PEF) – fornecem um conjunto de directrizes para melhorar o envolvimento da comunidade internacional em situações de conflito e de fragilidade.

Os princípios foram aprovados em 2007 pelos ministros da Organização para a Cooperação Económica e Desenvolvimento (OCDE).

Os Princípios dos Estados Frágeis foram originalmente elaborados no Fórum Senior de Alto Nível sobre a Eficácia do Desenvolvimento em Estados Frágeis em 2005.

Estes princípios iniciais foram testados em nove estados frágeis em 2005/ 2006 (República Democrática do Congo, Guiné Bissau, Haiti, Nepal, Ilhas Salomão, Somália, Sudão, Iêmen, Zimbábue) e revistos.